Elétrico da VW bate recorde absoluto de Pikes Peak

25 junho 2018

Pikes Peak, uma das mais prestigiadas subidas de montanha de todo o mundo, faz parte do imaginário dos amantes do automobilismo desde 1916. Este ano não foi diferente, com a Volkswagen a apostar na mítica prova do Colorado, nos Estados Unidos, com um projeto arrojado e feito para vencer: o I.D. R Pikes Peak, um elétrico que ficou para a história.

Pilotado pelo francês Romain Dumas, o carro feito pela marca germânica propositadamente para esta prova, não só venceu entre os elétricos, como estabeleceu a melhor marca de sempre da escalada ao parar o cronómetro em 7m57,148s. O tempo representa uma melhoria de 16 segundos face ao anterior recorde, estabelecido por Sébastien Loeb em 2013.

A Volkswagen entrou assim para a história apenas 250 dias depois de ter anunciado as suas intensões de competir na mítica “corrida até às nuvens” com um veículo elétrico capaz de bater o recorde da escalada.

Para se compreender melhor o feito alcançado, recorde-se que são 19,99 km e 156 curvas do percurso, vencendo um desnível de de 1.440 metros, até chegar aos 4.300 metros de altitude.  Um desafio que todas as marcas querem vencer pelo menos uma vez.

Para tal a marca germânica desenvolveu um carro muito leve, que pesa menos de 1.100 kg (baterias incluídas), capaz de debitar uns impressionantes 670 cavalos de potência e com um perfil aerodinâmico inconfundível, com um chassis muito baixo e uma enorme asa traseira para compensar a redução carga aerodinâmica provocada pelo ar mais rarefeito de Pikes Peak.

scroll up