Elfyn Evans tem sido agradável surpresa nas Pampas

29 abril 2017

Elfyn Evans esteve absolutamente intratável ao longo do primeiro dia de competição por terras argentinas. O piloto da “DMack” levou o Ford Fiesta WRC a vencer seis das nove provas especiais de classificação do dia, acumulando já 55,7 segundos de vantagem para o 2º classificado que é Mads Ostberg também em Ford Fiesta. A Ford foi também quem mais frutos colheu nesta etapa inaugural da Argentina, ao colocar 4 Fiesta WRC nos 5 primeiros lugares. Mas se Evans foi na verdade demolidor, os principais candidatos também se podem queixar da sorte. Thierry Neuville teve graves problemas de suspensão no seu Hyundai i20 WRC, Kris Meeke sofreu um aparatoso despiste danificando bastante o Citroen C3 WRC e Hayden Paddon (Hyundai) capotou logo no inicio do rali. Como se tudo isto não bastasse, Dani Sordo (Hyundai) bateu e atrasou-se bastante, Hanninen queixou-se sempre de falta de potência no Toyota Yaris WRC e Craig Breen teve problemas na caixa de velocidades do Citroen, isto para já não falar de Latvala, que bem tentou acompanhar Evans, acabando também ele com problemas de sobreaquecimento no Toyota.

 Depois do campeão do mundo Sébastien Ogier ter ganho a especial de abertura, Elfyn Evans arrancou para seis vitórias consecutivas em especiais, deixando logo a distância considerável a principal concorrência. Se Ostberg acabou por levar a melhor sobre Latvala, já Thierry Neuville e Hayden Paddon deram sinais de recuperação. O belga venceu a última especial do dia e Paddon quebrou o enguiço ao vencer o troço anterior. Com Evans a dominar para já a situação, as posições seguintes mostram bastante equilíbrio, contribuindo para muita emoção para o segundo dia de competição. Com Ostberg no 2º lugar a 55,7 segundos, Neuville é agora 3º a 1m00,7, enquanto Ogier ocupa o 4º posto a 1m06,7 e Ott Tanak o 5º lugar a 1m11,3. Já latvala, que esteve bem melhor na classificação geral, é agora o 6º a 1m29,9. Isto quer dizer que, entre o 2º e o 6º lugar existem apenas 35 segundos de diferença. Já mais distantes estão Paddon a ocupar o 7º lugar, mas já a 3m41,8, Bertelli o 8º a 4m16,8 e Hanninen em 9º a 4m48,6. A dominar os acontecimentos entre os concorrentes da categoria WRC2 está Puntos Tidemand em Skoda Fabia R5 que ocupa o 10º lugar da geral a 6m23,3. Sordo, Breen e Meeke já estão demasiado longe para discutir os primeiros lugares do Rali da Argentina.

scroll up