KTM dispensa Zarco e chama Kallio para o MotoGP

17 setembro 2019

Johann Zarco, que provocou a queda de Miguel Oliveira em Silverstone, já tinha acordado com a KTM a saída da formação oficial no final da época, contudo o gaulês chegou a acordo com a equipa austríaca e antecipou a saída.

A saída, que tem efeitos imediatos, foi dada a conhecer hoje, ao mesmo tempo que a formação anunciou a entrada de Mika Kallio para o lugar deixado vago.

De acordo com a formação, a antecipação da saída de Zarco prende-se com trabalhos de desenvolvimento que estão em curso e que obrigaram a um realinhar de prioridades.

Contudo, é sabido que Zarco não se tem dado bem com a RC16, apresentado resultados fracos. Aliás, o francês já foi batido pelo estreante Miguel Oliveira por seis vezes nas 13 corridas já disputadas e soma apenas mais um ponto que o português.

Para o lugar de Zarco, e já no GP de Aragão do próximo fim-de-semana, entra Mika Kallio, que foi responsável pela estreia da KTM RC16 no MotoGP no Grande Prémio de Valência no final da época de 2016 e que tem tido papel importante no desenvolvimento da moto. Além disso, o finlandês fez já sete participações em Grandes Prémios como wildcard entre 2016 e 2018.

“Temos de tomar decisões que garantam que tiramos o melhor partido dos nossos recursos e de momento estamos numa boa direção com a nossa estrutura de MotoGP. Acreditamos firmemente que o Mika nos pode ajudar nesta fase graças ao conhecimento e experiência que tem. É muito importante confirmarmos os nossos resultados dos testes em condições reais em corrida para começarmos a época de 2020 da melhor forma,” afirmou Piet Beirer, Diretor Desportivo da KTM.

scroll up