Lima vibra com um Dakar peruano cheio de estrelas

06 janeiro 2019

Está tudo pronto para uma das edições mais duras da longa história de uma prova que eleva à máxima potência a resistência de homens e máquinas. Este ano, e pela primeira vez, tudo se irá passar apenas num país, com 10 etapas exigentes e desgastantes em termos de traçado e navegação, ao longo de quase 3.000 km ao cronómetro.

Muitas dunas, em etapas mais curtas que o habitual, mas muito exigentes em termos de navegação, vão colocar à prova as capacidades de todas as equipas, com um expressivo lote de candidatos a quererem definir posições já a partir da primeira etapa agendada para amanhã entre Lima e Pisco, apesar de serem apenas 84 km cronometrados. E por falar em favoritos, tudo irá assentar numa luta entre a Mini X-Raid, recheada de grandes nomes e diversos tipos de carros, a Toyota Gazoo Racing, com as eficazes e resistentes Hilux e Sébastien Loeb que vai utilizar um Peugeot 3008 DKR da PH Sport.

Todos querem estar neste Dakar disputado exclusivamente no Peru, talvez a última grande maratona na América do Sul, antes da prova regressar ao continente africano. Na X-Raid, as escolhas Mini dividem-se entre os JCW Buggy e as opções 4x4 das versões mais recentes ou das mais testadas. Carlos Sainz, Stéphane Peterhansel, o “senhor Dakar”, Cyril Després e Nani Roma, são apenas alguns dos nomes sonantes, para além de outros que podem sempre surpreender. Nas Toyota Hilux especialmente concebidas para o Dakar, o sempre eficaz Nasser Al-Attiyah, o experiente Giniel de Villiers e o muito regular holandês Ten Brinke, são trunfos muito importantes da equipa, que não deixa de se assumir como candidata à vitória, tal como Loeb, a lenda dos ralis, que não prescinde de tripular o Peugeot nas areias peruanas, antes de rumar ao gelo de Monte Carlo para pilotar o Hyundai i20 WRC na prova inaugural do Campeonato do Mundo de Ralis.

Na festa de partida que se realiza hoje em Lima, vão estar presentes 18 nomes portugueses. Nas duas rodas, onde o nosso país tem tido prestações fantásticas, vamos ver passar Paulo Gonçalves, Joaquim Rodrigues Jr., Mário Patrão, David Megre, Fausto Mota, António Maio, Sébastian Buhler, Miguel Caetano e Hugo Lopes. Nas quatro rodas, e divididos por diversas categorias, e com diferentes funções, vamos contar com a presença de outros 9 portugueses. Pedro Mello Breyner, Afonso Martins, Rui Ferreira, Miguel Jordão, Ricardo Porém, Jorge Monteiro, Filipe Palmeiro, Paulo Fiúza, e José Martins. A festividade decorre hoje na capital do Peru e o primeiro desafio está marcado para amanhã, entre Lima e Pisco.

scroll up