Miguel Oliveira 13º no regresso à pista em Valência

13 novembro 2016

Miguel Oliveira regressou este fim-de-semana à ação após quatro jornadas de ausência devido à fratura da clavícula contraída em Aragão. O jovem da Leopard Racing ainda tentou competir no Japão, após ter sido operado, mas não se sentiu apto e optou, em conjunto com a equipa, por adiar o regresso para Valência, última prova da época.

E a verdade é que tal parece ter sido mesmo a resposta mais acertada. Depois de ter registado a 15ª melhor marca da qualificação, o piloto apoiado pelo ACP foi para a corrida com o objetivo claro de assinar o melhor resultado possível e tentar o título de Melhor Estreante, classificação que, apesar das ausências, ainda liderava à chegada ao Circuito Ricardo Tormo.

A partida para a corrida não foi a melhor, com o jovem de Almada a cair três posições na classificação, mas Oliveira não baixou os braços e tratou de iniciar a recuperação de imediato e de forma gradual. Antes de meio da corrida entrava de novo nos pontos para lograr a subida ao 13º em que viria a terminar na 24ª volta.

Com os três pontos somados o piloto português acabou por terminar a época como segundo Melhor Estreante, a apenas um ponto de Xavi Vierge, e na 21ª posição da geral, mesmo à frente do companheiro de equipa e Campeão do Mundo de Moto3 do ano passado, Danny Kent.

Oliveira prepara-se agora para iniciar os testes de pré-época já na próxima quarta-feira com a sua nova equipa Ajo KTM no circuito de Jerez de la Frontera.

scroll up