Miguel Oliveira apresentou Oliveira Cup

13 março 2017

O início de carreira de Miguel Oliveira não foi fácil, sem muitas pessoas e locais onde recorrer para aprender, contando apenas com a ajuda do pai e de alguns amigos chegados que desde cedo acreditaram nas suas potencialidades.

Para evitar que isso se repita com outros jovens talentos das duas rodas, o agora piloto da KTM na Moto2 lançou um novo projeto de motociclismo que visa, precisamente, ensinar, formar e educar jovens com aspirações no motociclismo, a Oliveira Cup.

O projeto, que faz uso de motos RAV MiniGP 220cv, destina-se a jovens entre os 10 e os 16 anos de idade e será composto por um total de sete jornadas a disputar no Kartódromo de Santo André, que é palco de duas provas e onde também têm lugar os testes, em Portimão (duas visitas), Évora, Bombarral e Estoril. Em termos de valores, a temporada custa 2.000 euros nos quais se incluem todas as despesas desportivas, excepto os custos com eventuais reparações provocadas por quedas.

Como não podia deixar de ser, este projeto de Miguel Oliveira conta com o apoio do ACP Moto. “Apoiamos o Miguel desde sempre, fomos uns dos seus primeiros patrocinadores, e é claro que tínhamos de estar ao lado dele neste projeto. Ainda para mais porque se insere perfeitamente na nossa filosofia de formação. Já tínhamos a Formação Karting ACP e agora é com muito orgulho que nos associamos à Oliveira Cup,” disse Carlos Barbosa, Presidente do ACP.

Mas não é tudo, a Oliveira Cup vai um pouco mais longe e, além de ter uma categoria, a Naked, para pilotos a partir dos 16 anos, terá também uma terceira competição para maiores de 30. Ou seja, os pais podem correr com os filhos no que acaba por ser um fim-de-semana em família bem diferente do habitual.

scroll up