Miguel Oliveira na 2º linha da grelha

25 março 2017

A chuva forte caiu durante toda a noite e dia de hoje, em conjunto com o forte vento que se continua a fazer sentir no Qatar, impediu a realização das qualificações para todas as categorias na primeira prova do Campeonato do Mundo de MotoGP 2017.

Sem possibilidade de conseguirem entrar em pista, apesar de todos os esforços por parte da organização, pilotos e equipas aguardaram de forma paciente pelo possível início do trabalho, o que acabou por não acontecer.

Com algumas zonas secas, mas outras húmidas, ou mesmo completamente alagadas, era impossível assegurar condições de segurança para os pilotos e, desta forma, após sucessivos adiamentos foi mesmo decidido cancelar todo o programa deste terceiro dia de GP do Qatar.

"Era impossível conseguir andar na pista com o asfalto ora molhado, ora seco ou completamente alagado. Choveu mesmo muito ontem e hoje e a pista não estava em condições. A direção de corrida e a comissão de segurança decidiram bem," considerou o piloto ACP.

Como tal, a formação da grelha de partida foi determinada pelos resultados combinados de todas as sessões de Treinos Livres, o que leva Miguel Oliveira a partir amanhã para a corrida de abertura do campeonato na segunda linha da grelha, na quinta posição.

"Vou partir de uma excelente posição e sei que tenho uma boa moto para a corrida. Veremos como estará a pista em termos de aderência depois de toda a chuva que e fez sentir e qual será o ritmo na primeira fase. Vai ser uma corrida dura com toda a certeza," disse o jovem da Red Bull KTM Ajo.

A corrida de Miguel Oliveira tem a duração de 20 voltas e realiza-se amanhã ás 17 horas e 20 minutos, hora de Portugal Continental.

scroll up