Miguel Oliveira segundo no tango argentino

09 abril 2017

Partindo da pole position pela terceira vez na sua carreira e pela primeira vez em Moto2, Miguel Oliveira conseguiu hoje no traçado argentino de Termas de Rio Hondo um brilhante segundo lugar no final de um longo 'tango' a três com Alex Marquez e Franco Morbidelli.

Após um arranque onde um 'encosto' de Morbidelli logo numa das primeiras curvas Miguel Oliveira viu-se na quinta posição que rapidamente transformou em quarto atrás de Mattia Pasini até ao momento em que este caiu e deixou o piloto da KTM sozinho no terceiro posto.

Com muitas voltas pela frente o recruta da KTM conquistou vantagem sobre Thomas Luthi, o quarto na classificação e na 11ª volta mostrava estar em modo de recuperação ao conseguir a volta mais rápida das 23 voltas da corrida com 1m43.414s. Com a diferença para os dois primeiros a reduzir-se para menos de um segundo no fecho da corrida, a queda de Alex Marquez na última volta deixou Oliveira em segundo onde cruzou a linha de meta.

"É fantástico. Tive um início difícil e foi complicado apanhar os dois da frente. Não sabia se tinha ritmo suficiente para os passar, mas nunca desisti e no final a queda do Alex foi como que um presente para mim."

Miguel Oliveira regressou assim aos pódios no campeonato do mundo, o que não acontecia desde Valência em 2015 quando venceu no circuito Ricardo Tormo, subindo ao terceiro posto do campeonato antes da corrida a realizar no Texas no próximo dia 23 de Abril.

scroll up