Na Catalunha afinal fala-se francês

15 outubro 2016

Ambiente festivo por terras de Espanha com Dani Sordo a assumir-se como grande favorito à vitória na prova espanhola do WRC. A Hyundai, com três carros nos cinco primeiros lugares também continua a vibrar, mas o salero desta fez foi francês. Sébastien Ogier mostrou por que é o campeão do mundo e líder do WRC 2016 e no segundo dia de prova saltou para o comando, anulando os 17 segundos de desvantagem para Sordo e terminando o dia no comando do rali 5,8 segundos à frente do espanhol que, apesar de estar a correr em casa foi obrigado a vergar-se ao ataque do piloto francês da Volkswagen.

Agora só com pisos de asfalto a prova espanhola está ao rubro, com a incerteza em relação ao vencedor que, teoricamente, só poderá ser Ogier ou Sordo, uma vez que a restante armada da Hyundai já está consideravelmente longe. Thierry Neuville é 3º classificado já a 1m03,9 e Hayden Paddon o 4º da geral a 1m20,0. Kris Meeke que hoje regressou aos bons andamentos, dando excelentes sinais, admite que poderia ter feito mais ao longo da prova espanhola, terminando o dia no 5º lugar, mas já a 1m57,9 do líder Ogier. Na derradeira especial espetáculo de Salou, Sordo perdeu tempo ao brindar o público espanhol com excelentes momentos de condução, mas está atento para o derradeiro dia de prova, com muita emoção a aquecer as duas passagens por Pratdip (19,3 km) e Duesaigues (12,1 km), a última corrida em Power Stage.

Depois dos azares de Latvala e Mikkelsen que se despistou hoje na 12ª especial, a Volkswagen conta apenas com o campeão Ogier para brilhar na prova espanhola, com o piloto francês consciente do seu papel, mas a ter de gerior apenas 5,8 segundos de vantagem para Sordo, um “espanhol furioso” a correr em casa, com respostas prontas para as decisivas especiais de amanhã.

Os Ford de Mads Ostberg (a 2m35,7) e Ott Tanak (4m24,7) estão no sexto e sétimo lugares, já sem qualquer hipótese de progredir, com o Hyudai de Kevin Abbring no 8º posto a 6m22,7 do líder, seguido pelo Ford de Martin Prokop a 7m13,3. A fechar o “top ten” do rali espanhol está o comandante do WRC2, Jan Kopecky em Skoda Fabia R5, que tem apenas 14,3 segundos de vantagem para Pontus Tidemand em carro idêntico.

scroll up