Neuville lidera num pódio com os três suspeitos do costume

26 abril 2019

O panorama competitivo no país das pampas não podia ser melhor. Os três grandes candidatos ao título ocupam o pódio da 5ª prova do WRC 2019 e prometem muita animação para o 2º dia do rali, que se prevê também muito desgastante. O mau estado dos pisos e a chuva dominaram os acontecimentos, com a organização a cancelar o 3º troço devido às péssimas condições.

Apesar de tudo, as estratégias das equipas dominaram as emoções, com a Toyota a estabelecer um ritmo muito forte, chegando a ocupar as três primeiras posições, com Meeke a liderar, seguido por Tanak e Latvala. Na concorrência, Neuville e Ogier nunca perderam o norte, respondendo com andamentos precisos, nas especiais mais favoráveis aos Hyundai e Citroen. Gerindo sempre diferenças muito pequenas, os planos de Tanak pareciam perfeitos, como demonstram as 3 vitórias em troços. No entanto, um pião do Toyota do estónio na segunda passagem pela especial de Santa Rosa/San Agustin, deitou tudo a perder, com Thierry Neuville a vencer o troço e a alcançar a liderança, com 11,9 segundos de vantagem para o calculista Sébstien Ogier e agora 13,4 de vantagem para Ott Tanak, que por sua vez, está apenas a 1,5 segundos de Ogier.

As dificuldades dos pisos argentinos determinaram também problemas para os Toyota de Latvala, que caiu na classificação geral, e para Kris Meeke, que é agora o 4º classificado a 28,1 segundos de Neuville, tendo demasiado perto o Hyundai de Andreas Mikkelsen no 5º lugar a 29,4 do líder e apenas a 1,3 segundos de diferença. Nada longe da “guerra” pelos primeiros lugares, está o Ford Fiesta de Elfyn Evan no 6º lugar a 38,2 segundos, seguido pelo Hyundai de Dani Sordo a 41,1 segundos do líder Neuville. Um aparatoso acidente, sem consequência para piloto e navegador, danificou bastante o Citroen de Esapekka Lappi, que deixou de ter hipóteses de lutar por lugares cimeiros.

Entre os WRC 2, o domínio total é do Citroen C3 R5 de Mads Ostberg, que ocupa o 10º lugar da classificação geral, com 2m10,8 de vantagem para o Ford Fiesta de Pedro Heller. Para o 2º dia do Rali da Argentina, o panorama poderá ser alterado a qualquer momento, com sete especiais de classificação de elevado grau de dificuldade, onde os suspeitos do costume poderão causar mudanças nos lugares do pódio. Apesar das grandes atitudes estarem do lado do líder Neuville e dos seus perseguidores Ogier e Tanak, não é de menosprezar ataques precisos por parte de Meeke, Mikkelsen, Evans, e até Dani Sordo.

scroll up