Rosenqvist dá primeira vitória à Mahindra

10 junho 2017

Após a mais disputada qualificação de sempre na história da Fórmula E, Rosenqvist partiu da terceira posição da grelha para ascender ao segundo posto quando José Maria Lopez fez uma partida lenta no circuito de Berlim. Depois disso, o piloto foi gradualmente reduzindo a diferença para o líder Lucas di Grassi, que tinha conquistado a pole position por apenas 0,001s de vantagem.

Rosenqvist, tirou depois bom partido dos problemas de temperatura da bateria do brasileiro para o passar na longa Curva 1.

O homem da Mahindra ainda esteve perto de perder a posição quando cometeu um erro na Curva 9, na volta antes de fazer a sua paragem obrigatória nas boxes, mas regressou à corrida na frente e conseguiu isolar-se para garantir vantagem confortável e arrebatar uma vitória pela qual a formação já esperava há 28 corridas.

Enquanto isso, e depois de ter ficado a zeros em Paris, di Grassi precisava de um bom resultado este fim-de-semana e começou de forma positiva com o segundo posto final, mesmo depois da falta de otimismo que apresentou no treino matinal.

Já a terceira posição ficou a cargo de Nick Heidfeld, que ao terminar a 4,058s do colega de equipa deu o segundo pódio do dia à Mahindra Racing.

scroll up