Segunda vitória de 2017 para Peterhansel

09 janeiro 2017

Tal como as motos, os carros também se viram afetados pelo mau tempo com o cancelamento da 6ª Etapa e alterações à tirada de hoje, a primeira parte da Etapa Maratona deste Rally Dakar 2017.

Mas isso não assustou Stéphane Peterhansel e a Peugeot. O francês, que entre participações em motos e carros conta já com 12 vitórias na mítica prova, marcou o ritmo e garantiu a segunda vitória nesta edição do Rally Dakar. Peterhansel, que foi o terceiro a partir para os 161 km cronometrados de hoje, impôs-se aos demais, levando apenas 1h54m08s a completar a especial. Logo atrás terminou o colega de equipa Stéphane Loeb. O antigo Campeão do Mundo de Ralis também não deixou os créditos por mãos alheias e vendeu caro o segundo posto. Depois de ter já ganho as 2ª e 5ª Etapas deste ano, Loeb ficou-se a meros 0,48s da frente.

A pouco mais de três minutos e meio ficou o primeiro piloto Toyota. O sul-africano estreou-se entre os três primeiros em especiais, ganhando sete posições face ao lugar ocupado à partida.

Só depois surgiu o primeiro Mini. Mikko Hirvonen, que tinha largado para a especial em 15º, ganhou nove posições ao terminar com a quarta marca do dia, a 5m03s, da frente. Atrás dele, e a fechar o Top 5, ficou outro piloto Toyota. Nani Roma foi o último a precisar de menos de duas horas para completar a especial ao terminar a 5m32s de Peterhansel. Um resultado positivo para o espanhol, ainda para mais porque bateu o colega de equipa Cyril Despres, que foi sétimo a 09m07s da frente.

scroll up