Vettel vence GP do Barain

16 abril 2017

O ataque tardio de Lewis Hamilton, no domingo, não foi o bastante para evitar a vitória do piloto da Ferrari. Ainda assim, a Mercedes garantiu também o terceiro posto graças à prestação de Valtteri Bottas.

Kimi Raikkonen (Ferrari) foi quarto, com Daniel Ricciardo a ser o único piloto da Red Bull a terminar depois de cruzar a linha de meta em quinto, enquanto o colega de equipa Max Verstappen terminou a prova mais cedo devido a problemas de travões. Felipe Massa (Williams) foi sexto, à frente de Sergio Perez (Force India) e de de Romain Grosjean (Haas). Nico Hulkenberg (Renault) e Esteban Ocon (Force India) completaram o Top 10.

Bottas, que colocou o Renault na pole position, liderou à partida, à frente de Vettel, enquanto Hamilton caiu para terceiro, mas a ordem da corrida sofreu alterações à 13ª volta, altura em que Lance Stroll (Williams) e Carlos Sainz (Toro Rosso) bateram após a saída do espanhol da via de boxes. A colisão levou a que ambos desistissem e originou a entrada do safety car em pista, o que em consequência levou a uma série de idas às boxes.

Hamilton teve de esperar atrás de Bottas e acabou por atrasar Ricciardo atrás dele, o que levou a uma penalização de 5 segundos por condução desnecessariamente lenta no pit lane.

Com a saída do safety car da pista foi Vettel quem assumiu a liderança à frente de Bottas, enquanto Hamilton de tratou de imediato de recuperar o terceiro posto de Ricciardo.

O embate final teve início após a última ida de Hamilton à box, na 41ª volta, para a sua última penalização. O britânico regressou à pista em terceiro. Depressa apanhou Bottas, que acabou por sair da frente a custo, deixando Hamilton com dez voltas para anular a diferença face a Vettel, que na altura tinha já 13 segundos de margem. Ele deu tudo o que tinha, mas acabou por não ser o suficiente e terminou na segunda posição, a 6,6s da frente.

scroll up