Vitória de Toby Price com duelo entre KTM e Honda

17 janeiro 2018

Uma ligação longa entre Belén e Chilecito e 280 km ao cronómetro voltaram a baralhar algumas das contas nas motos. A KTM poderá ter dado importante passo na tática da prova durante esta etapa. A vitória de Toby Price foi importante, com Matthias Walkner a guardar a liderança, com Price e Gerard Farres Guell bem posicionados. Apenas Kevin Benavides em Honda, parece incomodar os planos da KTM. À chegada a Chilecito, Price foi 1m38 mais rápido que Benavides e 6m31 melhor que Antoine Meo que foi o 3º classificado do dia. Ricky Brabec fez o 4º tempo a 7m34 de Price e o líder da prova, Matthias Walkner terminou em 5º já a 11m01 e perdeu quase dez minutos para Benavides.

Erros de navegação e dificuldade de percurso, com alguns acidentes pelo caminho, condicionam outras prestações que se esperavam mais positivas. Hoje foi a vez de Joan Barreda abandonar, com problemas no joelho esquerdo, em consequência da queda sofrida na 7ª etapa. Na classificação geral após a 11ª etapa e quando faltam três dias para o final da prova, Walkner (KTM) comanda com 32m00 de vantagem para Kevin Benavides (Honda), que é seguido de muito perto por mais três KTM. Toby Price é 3º da geral a 39m17, Gerard Guell o 4º a 49m17 e Antoine Meo está na 5ª posição a 59m05. A outra Honda de Ricky Brabec ocupa o 6º lugar, já a 1h18m10. São quatro KTM nos cinco primeiros lugares, com a Honda de Kevin Benavides instalada na 2ª posição, a tentar estragar os panos da KTM para a parte final do Dakar 2018. O piloto português Fausto Mota, foi o 43º classificado na etapa de hoje, ocupando a 42ª posição da geral.

scroll up