Walkner vence e é o novo líder

16 janeiro 2018

Já se sabia que a entrada do Dakar na Argentina iria trazer algumas dificuldades para os pilotos, principalmente no que toca às temperaturas que chegaram a passar os 40ºC. O que não se esperava eram mudanças tão significativas na classificação geral.

Matthias Walkner, da KTM, partiu em sexto e depois de uma gradual recuperação garantiu a primeira vitória no Dakar deste ano, tornando-se no novo líder da prova.

Contudo, a nova posição à geral, que representa uma subida de dois furos na tabela, e o resultado na esepcial não se deveram apenas à boa prestação. Adrien van Beveren, o anterior líder, foi dos poucos pilotos da frente a não se perder e estava muito bem encaminhado para vencer quando, a apenas 3 km do final, sofreu aparatosa queda que o deixou em muito mau estado.

O francês da Yamaha ainda tentou regressar à prova, mas só conseguiu fazer escassas centenas de metros antes de voltar a parar. Visivelmente afetado pelo acidente, o piloto foi transportado de helicóptero para receber tratamento médico.

Enquanto isso, Antoine Meo (KTM), Toby Price (KTM) e Kevin Benavides (Honda) foram alguns dos pilotos a errar o percurso, entrando por um desfiladeiro paralelo à rota certa e perderam muito tempo.

Com tudo isto, quem também acabou por tirar bom partido do dia foi Pablo Quintanilla. O chileno da Husqvarna acabou por terminar na segunda posição, a 11m35s da frente, e com praticamente cinco minutos de vantagem sobre Gerard Farres Guel no que acabou por ser um pódio composto por duas KTM e pela austríaca de origem sueca.

A troca das voltas permitiu também que o Top 5 visse ainda nomes improváveis como Juan Pedrero Garcia (Sherco, 4º, + 21m24s) e Jose Ignacio Florimino (Honda, 5º, +23m14s).

Juan Barreda voltou a perder muito terreno ao perder-se mais uma vez, tal como o colega de equipa Kevin Benavides. Ainda assim, os pilotos da Honda ocupam as segunda (+39m42s) e terceira (+41m23s) posições, respetivamente. Farres Guell é quarto da geral, seguido de Price, Meo, Ricky Brabec, Stefan Svitko, Quintanilla e Johnny Aubert.

scroll up