Mazda CX-5 está mais maduro e elegante

22 maio 2017

Design, tecnologia e eficiência de motores. Foram estes três dados fundamentais que em 2012 serviram para transformar o Mazda CX-5 num modelo muito cobiçado. Cinco anos depois, o maior SUV da marca ganhou novos argumentos para disputar um segmento cada vez mais povoado de propostas interessantes. Mas aliciante é sem dúvida alguma a nova filosofia do Cx-5, um SUV que capturou ensinamentos através dos tempos, aprimorou as suas linhas, ganhou inteligência própria e desenvolveu a eficácia do seu motor de 2,2 litros que oferece potências de 150 e 175 cavalos.

Apesar de dimensões assinaláveis, os novos padrões de design da Mazda dão ao CX-5 uma elegância fora de comum, onde os traços de família estão bem presentes através dos inegáveis sinais tridimensionais de uma frente que mistura estilos de diferentes modelos da marca, onde a traça do design Kodo parece querer destacar as formas dinâmicas da carroçaria. Um prolongamento desta filosofia alonga-se para o interior, onde a ergonomia é fundamental e tudo funciona para proporcionar conforto aos ocupantes, começando pelos novos bancos, materiais e acabamentos de excelente qualidade.

Tecnologias e conectividades estão centralizadas e são comandadas através do novo ecrã de 7 polegadas, estreando ligação ótica e cristais líquidos que elimina reflexos e promove uma imagem mãos nítida. A Mazda estreia também no seu novo SUV o acionamento elétrico da porta traseira, com regulação do grau de abertura. Espaço e conforto não faltam a bordo, com três níveis de revestimento e novas decorações, que contribuem para um ambiente sóbrio, mas bastante requintado. Segurança ativa e passiva, ajudas à condução estão aperfeiçoadas e reunidas através da filosofia “Proactive Safety” e com o sistema “i-Activsense” da Mazda.

Para Portugal o novo Mazda CX-5 irá estar disponível com duas versões do bloco turbo-diesel de 2,2 litros que conta com a conhecida tecnologia Skyactiv da marca, oferecendo tração dianteira e transmissão manual de seis velocidades, ou integral AWD que, neste caso, pode contar também com transmissão automática. Novos parâmetros de gestão do motor contribuem para uma melhor capacidade de resposta do motor, aumentando a qualidade de condução. O novo Mazda CX-5 2WD de 150 cv conta com três níveis de equipamento e preços a oscilarem entre os 33.285€ e os 43.720€, enquanto o AWD de 175 cv oscila entre os 46.421€ e os 52.708€

scroll up