Novos SUV da Mercedes-Benz com tecnologia híbrida plug-in

13 setembro 2019

A experiência de condução em modo elétrico, torna-se mais gratificante com os novos híbridos plug-in de 3ª geração, que garantem padrões de autonomia bastante satisfatórios, sem que se percam as desejadas performances. O novo Mercedes-Benz GLE 350 4Matic aponta para uma autonomia em modo elétrico superior a 100 km (NEDC), atingindo uma velocidade máxima de 160 km/hora, apenas em modo elétrico.

O maior membro da família EQ Power, utiliza um motor diesel de 2,0 litros, com 194 cv de potência, e um motor elétrico de 136 cv, com a potência total do sistema a apontar para os 320 cv. As tecnologias de ponta da marca contribuem para uma maior eficiência deste  modelo, que sublinha o luxo, requinte e conforto de um SUV de alta gama.

Com outras dimensões, o novo híbrido plug-in GLC 300 também de tração integral, assenta num propulsor a gasolina de 2,0 litros com 211 cv, aliado a um motor elétrico, que confere uma potência total do sistema de 235 cv. Os veículos plug-in oferecem dois tipos de vantagens: em cidade, funcionam em modo exclusivamente elétrico e, nas viagens longas tiram partido da grande autonomia do motor de combustão. Estes modos tornam o veículo mais eficiente de uma forma geral, porque podem recuperar energia durante as travagens e permitem que o motor de combustão funcione em faixas de rotação muito favoráveis. Até ao final de 2019, a Mercedes-Benz terá mais de dez híbridos plug-in na sua gama.

scroll up