O Hyundai i20 está renovado, mais inteligente e arrojado

07 junho 2018

Conquistar o mercado europeu é um dos alvos principais da Hyundai e o i20 uma das armas essenciais para o construtor coreano atingir o seu objetivo. Fabricado na Europa e destinado a uma importante batalha dentro de um segmento B, demasiado concorrido nos diversos mercados europeus, o Hyundai i20 apresenta nesta nova geração fortes argumentos direcionados a um leque de clientes bastante diversificado. Se a estratégia da Hyundai passa essencialmente por um reforço de equipamentos, com destaque para a segurança e um reforço significativo nas funcionalidades de conectividade, também é verdade que o i20 está mais atraente, tanto ao nível exterior como interior.

Com três carroçarias diferentes, o perfil do novo i20 é exibido em formato Hatchback, de cinco portas, Active e Coupé. Na frente, a grelha Hyundai em cascata e o novo design dos faróis fazem a maior diferença, enquanto na traseira se destaca a nova tampa da bagageira. Mas para além destas diferenças que requerem alguma atenção ao serem observadas, existem outros pormenores que marcam pontos preciosos. A grande aposta será sem dúvida nas motorizações a gasolina, com destaque para o bloco 1.2 MPi de 75 e 84 cavalos, que vai equipar as primeiras unidades do i20 a chegar a Portugal já nos primeiros dias do mês de julho. Não menos importante, e com uma utilização bastante mais agradável, o motor de três cilindros 1.0 TGDi, um turbo com potências de 100 e 120 cavalos, irá chegar ao nosso mercado em outubro, bem como a nova caixa automática de 7 velocidades, que liga na perfeição com a versão de 120 cv, como tivemos oportunidade de comprovar.

Para além do apelo do design e do reforço do equipamento, o fator desportivo tem um forte peso nesta nova geração do i20. O sucesso da Hyundai no WRC, com o comando do Campeonato do Mundo de Ralis de 2018, tanto ao nível das marcas, como de pilotos, com Thierry Neuville a saltar para a liderança depois da recente vitória no Vodafone Rally de Portugal, faz parte da estratégia da marca para consagrar o i20 como um modelo de sucesso, tanto nesta abrangente aposta para o mercado europeu, mas também num importante nicho desportivo dirigido a clientes privados de diversos campeonatos nacionais, com o Hyundai i20 R5.

Se os objetivos de crescimento da marca na Europa estão a ser alcançados, o mercado português também não foge à regra. O Tucson é o modelo da Hyundai mais vendido na Europa, com a marca a ter motivos para sorrir com a sua gama SUV, agora enriquecida com o Kauai, a poder atingir em 2021 cerca de 50% das vendas da marca. As famílias i20 e i30, bem como a Eco Mobilidade, onde se assinalam as três propostas Ioniq, são fatores importantes para a afirmação da Hyundai na Europa. O novo i20 é agora um automóvel mais conectado e seguro, para além de umas linhas mais atraentes, que admitem diversas personalizações exteriores. Se a carroçaria Active, com algumas referências aventureiras, poderá ser a mais chamativa, é sem dúvida o Hatchback de cinco portas que será o grande foco de vendas do novo modelo. Os preços arrancam nos 15.784€ para o i20 de 1,2 litros e 75 cv, e 18.237€ para a versão de 84 cv. Durante todo o mês de julho, o importador lança uma campanha promocional com uma nova solução de mobilidade, Hyundai FlexMobility, que oferecerá uma proposta com tudo incluído para o dia a dia, e ainda, um SUV Hyundai Tucson para os 15 dias mais especiais de cada ano, e tudo por apenas 195€/mês, durante 48 meses.

scroll up