Stinger o topo de gama da Kia

03 outubro 2017

Nasceu como um projeto para fazer sonhar, mas agora tornou-se realidade. O Kia GT Concept passou por diversas metamorfoses até chegar ao Stinger, um Gran Turismo que invoca o espírito GT dos anos setenta, mas com todas as terminologias de um automóvel do futuro. Alta performance de dois motores a gasolina e um diesel, tornam o Stinger o Kia mais eficiente de sempre, com prestações e comportamento dignos de um desportivo.

Para Portugal a fórmula mais apetecível deverá ser o diesel de 2,2 litros e 200 cv, embora as duas propostas a gasolina não deixem de ser aliciantes: um 2.0 com 255 cv e um V6 de 3,3 litros com dois turbos e uma potência de 370 cv.

Alta performance é agora um novo ensaio para a Kia, principalmente com o Stinger equipado com o motor V6 de 3,3 litros. O visual externo agressivo mas elegante, conjuga bem com o ambiente do habitáculo, onde se destacam materiais de qualidade que, além de enriquecerem o Stinger jogam bem com as linhas interiores sóbrias, mas também desportivas. Pensado e concebido na Alemanha, o Stinger acaba por ser um sinal muito positivo do construtor em relação a propostas de uma concorrência bem instalada entre os Premium.

Com um elevado coeficiente em tecnologias de segurança ativa, o Stinger respira saúde, mesmo com o bem trabalhado motor diesel, que também garante performances muito agradáveis.

Velocidade, emoção e um comportamento muito equilibrado, são dados a explorar pela Kia em relação a este Stinger, um familiar Gran Turismo polido, mas que não deixa escapar um espírito desportivo capaz de cativar o mais comedido amante de performances ao volante de um automóvel que também sabe ser um familiar bastante espaçoso.

Todas as motorizações contam com caixa automática de 8 velocidades, um sistema de suspensão com regulação eletrónica e cinco modos de condução. Apesar das grandes dimensões, a excelente dinâmica do Stinger é um dado adquirido, tanto na versão de tração traseira como integral, com o prazer de condução a ser um dos principais atributos do carro coreano.

O imponente Kia Stinger chega ao mercado nacional já no próximo dia 21 de outubro, com a motorização diesel 2.2 CRDi de 200 cv a ser a eleita pelo importador, que oferece um preço de campanha de 57.650€. Em relação aos motores a gasolina, poderão ser adquiridos por encomenda, com o 2.0 T-GDi de 255 cv a custar 55.650€ também com um desconto de campanha de 5.500€, enquanto o potente V6 3.3 T-GDi com equipamento GT, irá custar 80.150€, contando neste caso com um desconto de 8.000€ nesta fase de lançamento.

Com projetos técnicos e de design concebidos para a Europa, por especialistas alemães, o Kia Stinger surpreende por ser um projeto ambicioso e bastante arrojado, que não esconde as intenções do construtor em querer marcar presença num território que não lhe é habitual.

scroll up