Tarraco chega em fevereiro e é o maior SUV da Seat

01 dezembro 2018

Uma família SUV completa, autoconfiante e com mais argumentos familiares. É assim que a Seat encara a sua postura no segmento da moda. Depois do Ateca e do Arona, chega agora o Tarraco, a versão mais familiar com cinco ou sete lugares, uma posição de condução dominante e uma inegável elegância que não esconde um discreto semblante desportivo.

Com o Tarraco a Seat encerra um ciclo importante e, ao mesmo tempo, mostra a direção dos futuros traços de design da marca. Se cada um dos SUV da casa de Martotell tem a sua própria identidade, o Tarraco assume-se com um carro de família, desportivo e elegante com nítido ADN Seat no interior, que se identifica com a frente marcante projetada para o futuro. A tecnologia 100% LED ilumina o Tarraco de forma singular, contribuindo para uma silhueta que nunca passa despercebida.

Construído na fábrica da Volkswagen em Wolfsburgo, mas totalmente planeado por técnicos da Seat em Martorell, o Tarraco possui os mais recentes sistemas de assistência à condução e segurança e um equipamento de topo onde se destacam as mais recentes tecnologias de conetividade. Um SUV de grandes dimensões que não esquece os seus dotes desportivos e aventureiros, é dinâmico na condução, e na versão 4Drive de tração integral consegue surpreender, mesmo em terrenos mais difíceis.

Em relação a motores, o novo SUV da Seat pode vir equipado com dois blocos a gasolina, o 1.5 TSI de 150 cv com caixa manual de seis velocidades e o 2.0 TSI de 190 cv, com caixa automática DSG de sete velocidades e o sistema 4Drive de tração integral, com seis modos de condução. Na opção diesel, o bloco 2.0 TDI desdobra-se em duas potências de 150 e 190 cavalos. Na mais baixa potência o Tarraco pode contar com caixa manual de 6 velocidades ou a DSG de 7 relações. Na versão mais potente de 190 cv, a caixa é exclusivamente automática, contando também com o sistema de tração integral 4Drive. Para 2020 está prevista uma versão híbrida Plug-in. Os preços do Seat Tarraco ainda não estão definidos, sendo esperado em Portugal durante o mês de fevereiro.

scroll up