Volvo reforça aposta na segurança

21 março 2019

A Volvo deu a conhecer o Projeto E.V.A, que visa a partilha com a indústria automóvel toda a informação que recolhida ao longo de 60 anos de investigação com o objetivo de melhorar a segurança rodoviária. A isto a Volvo junta ainda a apresentação de um sistema que promete combater o excesso de velocidade, e um outro que monitoriza o estado do condutor, nomeadamente a condução sob o efeito de produtos intoxicantes e a distração dos condutores.

A iniciativa Equal Vehicles for All, conhecida como Projeto E.V.A., surge precisamente no ano em que a marca sueca celebra 60 anos sobre a criação do cinto de segurança de três pontos, para muitos a principal invenção da história da segurança automóvel. O anúncio está em linha com o compromisso de segurança que faz parte da filosofia da Volvo. Alias, foi precisamente a decisão de partilhar com toda a indústria automóvel a invenção do cinto de segurança de três pontos que acabou pela generalização do mesmo em todos os carros e levou a que, mais tarde, se tornasse um componente obrigatório em todos os automóveis.

Paralelamente, e semanas depois de ter anunciado que iria limitar, a partir de 2020, a velocidade máxima dos seus automóveis a 180 km/h, a Volvo lançou a Care Key. Também disponível a partir do próximo ano em toda a gama da marca, esta chave inteligente visa minimizar o excesso de velocidade através de configurações diferentes de limites de velocidade para as várias pessoas que estejam autorizadas a conduzir o carro.

Mas a Volvo não se fica por aqui, já que acredita que a intoxicação e a distração ao volante podem e devem também ser combatidas.

Para tal, o construtor sueco propõe a instalação de um sistema de monitorização do condutor no qual seja possível avaliar o seu estado atrás do volante. Este sistema, monitorizado por câmaras e outros sensores permitirá a intervenção do automóvel caso o condutor seja claramente identificado como intoxicado, cansado ou distraído e não estiver a responder aos sinais de aviso aumentando assim a probabilidade de acidente.

O nível de intervenção do automóvel será diferente em função do estado do condutor, de num estado inicial em que limitará a velocidade e alertará o serviço de assistência via Volvo on Call ou num estado final, em que irá ativamente travar e estacionar de forma segura.

scroll up