Giulia coupé pode ser o Alfa mais potente de sempre

16 maio 2018

Ao que tudo indica parece que a Alfa Romeo vai para a frente com a produção do Giulia na versão coupé, mais musculado que o sedan Quadrifoglio de 510 cv de potência e conta fazer o anúncio oficial do seu lançamento já em junho, no circuito de testes de Balocco, em Itália.

O novo modelo vai chegar equipado com um V6 2.9 biturbo e integrar um sistema propulsor híbrido como nos Fórmula 1, baseado na tecnologia ERS (Energy Recovery System) adaptada do sistema HY-KERS do LaFerrari. Graças ao boost eléctrico e ao ERS, a potência combinada prevista situa-se nos 650 cv. Se tal se verificar, será o Alfa Romeo de produção em série mais potente de sempre.

Além da versão de duas portas, o Giulia coupé também poderá vir a estar disponível com cinco portas. Espera-se que seja lançado em 2019 e além da motorização híbrida de 650 cv vai ser possível optar por versões menos potentes, cobrindo os vários segmentos de preço para assim poder rivalizar com as propostas alemãs.

Mas os futuros lançamentos da marca não se ficam por aqui. Dando seguimento às afirmações de Marchionne que há um ano anunciou ser sua intenção acrescentar mais dois SUV para a família Alfa Romeo – um abaixo e outro acima do Stelvio – é este último que irá avançar primeiro e que terá, igualmente, anúncio oficial previsto para o próximo mês. Será o maior modelo de sempre da marca italiana e estará equipado com um sistema semi-híbrido de 48 V composto por um motor de 2.0 litros a gasolina. Prevê-se uma potência total de 405 cv. A data de lançamento está marcada para fins de 2019.

scroll up