Jaguar I-Pace é o Carro do Ano 2019 na Europa

04 março 2019

Na abertura do Salão de Genebra, o júri europeu surpreendeu ao eleger o Jaguar I-Pace como carro do ano, triunfando entre os 7 finalistas. O primeiro Jaguar totalmente elétrico, que seduz com novas tecnologias e um design marcante, não esquecendo a potência, foi o mais convincente. O novo Alpine A110 disputou até final a vitória com o Jagual I-Pace, no primeiro momento alto do mais importante Salão Automóvel da Europa. O Jaguar I-Pace venceu perante o Alpine A110, Citroen C5 Aircross, Ford Focus, Kia Ceed, Mercedes-Benz Classe A e Peugeot 508, que há três dias conquistou o título em Portugal.

A vitória do Jaguar I-Pace foi mesmo renhida, pois foi necessário recorrer a um desempate com o Alpine A110, após a votação dos 60 jornalistas do setor automóvel europeu. No final, os dois automóveis registaram um empate com 250 votos cada, acabando o Jaguar elétrico por receber 18 primeiros lugares, contra 16 do desportivo francês. Dois nichos de mercado a discutirem o título europeu, com o ecológico, mas musculado Jaguar I-Pace a conseguir a vitória frente ao desportivo Alpine A110. O pódio ficou completo com o 3º lugar alcançado pelo Kia Ceed, que ficou muito perto com 247 votos. O 4º classificado foi o Ford Focus com 235 votos, seguido pelo Citroen C5 Aircross que totalizou 210 votos. A 6ª posição foi para o Peugeot 508 (que foi carro do ano em Portugal) com 192 votos e o 7º lugar para o Mercedes-Benz Classe A com 116 votos.

O elegante SUV britânico possui pormenores e detalhes que fazem a diferença, sendo a 1ª vitória alcançada pela Jaguar no prestigiado concurso automóvel europeu, e a 3ª vez que um carro elétrico vence o troféu, depois das vitórias do Nissan Leaf (2011) e do Opel Ampera (2012). O Jaguar I-Pace possui 2 motores elétricos (um em cada eixo) e tração permanente às quatro rodas. A potência total é de 400 cv com 696 Nm de binário. Com estes dotes, o Carro do Ano Europeu efetua 4,8 segundos dos 0 aos 100 km/hora e a velocidade máxima está limitada aos 200 km/hora. Um verdadeiro desportivo elétrico, onde a autonomia poderá causar alguns arrepios, principalmente quando se utiliza o fantástico modo Dynamic (Sport).

scroll up