Mercedes-Benz com mais de 1,5 milhões de unidades vendidas

17 setembro 2018

A Mercedes-Benz comercializou 1.512.268 veículos em todo o mundo nos primeiros oito meses deste ano, estabelecendo assim um novo recorde (+ 1,1%). Só em agosto as vendas mundiais foram de 155.918 (-8,5%), o 30º mês consecutivo com vendas globais acima de 150.000 unidades. Foi ainda nos primeiros oito meses do ano que aquele fabricante atingiu a sua posição como a marca premium mais vendida em todo o mundo.

Do total de vendas mundiais até agosto, 597.347 unidades (-3,9%) destinaram-se ao mercado europeu com a marca a entregar na Alemanha 195.163 veículos (-4,2%). Em França, Espanha, Suécia, Polónia e Dinamarca, foram estabelecidos recordes de vendas no período de janeiro a agosto.

Por modelos, o Classe E limousine e station estabeleceram um novo recorde de 25.367 unidades vendidas em agosto (+ 0,4%). Desde o lançamento no mercado dos atuais modelos, mais de 700.000 clientes em todo o mundo receberam o seu novo automóvel.

A Mercedes-Benz aumentou as vendas do Classe S limousine, tendo sido comercializadas mais de 53.000 viaturas (+ 26,6%). Graças a uma taxa de crescimento de dois dígitos em todo o mundo, o Mercedes-Maybach Classe S limousine atingiu recordes nos primeiros oito meses de um ano.

Entre janeiro e agosto de 2018, também foi estabelecido um novo recorde nos SUV em todo o mundo, com 541.120 unidades vendidas, representando um aumento de 5,4%. O sucesso de vendas dos destes modelos da Mercedes-Benz vai continuar com o lançamento do EQC, o primeiro SUV totalmente elétrico da marca de produtos e tecnologia EQ.

Finalmente, de janeiro a agosto, a smart atingiu as 85.534 unidades vendidas (-2,6%). A transição da smart para uma marca 100% elétrica continua com sucesso, estabelecendo-se recordes quando comparados períodos homólogos.

scroll up