Zele, o microelétrico com assinatura de luxo

13 setembro 2018

Prestigiada por assinar vários modelos GT e desportivos - de marcas como Aston Martin, Audi e outras-, alguns a valer milhões de euros, a centenária Zagato,  um atelier italiano de renome especializado no design e construção de carroçarias, também teve os seus momentos difíceis no passado.

No final da década de 60 e início de 70, por exemplo, o tradicional mercado destas “belezas” da empresa estava ameaçado por marcas rivais como a Ford ou a Opel, forçando-a a dedicar-se a um segmento completamente diferente e a revelar o microcarro elétrico Zele no Salão de Genebra em 1972.

Um desses carros foi vendido num recente leilão da Sotheby’s em Londres por cerca de 13.000€, valor um pouco acima do previsto. Desde que foi construído, em 1974, é a terceira vez que muda de proprietário. O primeiro manteve-o durante 11 anos e utilizava-o regularmente até ser vendido em 1985 a um colecionador privado que em 2011 o submeteu a um restauro completo.

Este Zele 1000 é um pequeno elétrico montado em carroçaria de fibra de vidro e chassis derivado do Fiat 500 e Fiat 124, alimentado por quatro baterias de 12V que quando totalmente carregadas permitem um alcance máximo de 80 km.

scroll up