Clássicos

As celebrações começam em fevereiro e vão durar quase todo o ano, com Portugal na rota da festa.

Entre os anos 60 e 80, a marca concebeu cinco padrões para assentos dos seus automóveis, que ficaram famosos.

O famoso descapotável da atriz loira está aí para as curvas e tornou-se o segundo Thunderbird mais caro de sempre.

Este raro modelo de 1955 foi o Best of Show no Concurso de Elegância, um dos mais importantes eventos organizado pelo ACP.

São muitos e de diversas épocas que um dia podem voltar à estrada, garante o dono destas autênticas relíquias.

A casa de Estugarda compilou os modelos mais valiosos da sua história e a maior parte são carros de competição. 

Fundada a 29 de novembro de 1906, por dois pilotos italianos da Fiat, a Lancia marcou desde logo pela inovação.

Com  tecnologia avançada e estética atrativa, o 1400 começou a ser produzido em 1953 dando início à história da marca.

Com 110 anos, este clássico está ligado à origem da Skoda e é o carro mais valioso do museu da marca checa.

Nasceu de uma pequena oficina criada em 1868 que produzia caldeiras, panelas, fogões, arados e debulhadoras.

scroll up