Dovi vence por centésimos no Qatar

18 março 2018

A primeira corrida da época foi marcada por sensacional última volta, com Andrea Dovizioso (Ducati) a bater Marc Márquez (Repsol Honda) sobre a linha de meta do Circuito Internacional de Losal por apenas 0,027 segundos, com Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) a completar o pódio.

Contudo, no início foi o francês Johan Zarco quem se destacou ao partir da pole position para assumir a liderança na primeira curva sob as luzes artificiais do Qatar, mas não houve nada que separasse os dez primeiros nas voltas iniciais da corrida e deixavam a ideia que qualquer um poderia levar de vencida o embate de 22 voltas. Com as melhores voltas a surgirem a cada passagem pela meta, Zarco ainda conseguiu manter os rivais atrás de si, isto apesar da forte competitividade de que estava a ser alvo.

Com grandes lutas atrás de si, o gaulês manteve a calma na frente enquanto Rossi recuperava no pelotão para entrar na luta pelo pódio à terceira volta. Márquez nunca esteve longe da luta, mantendo-se nos cinco primeiros desde o apagar das luzes vermelhas. Com o passar das dez voltas de prova os pilotos começavam a entrar num ritmo regular, mas era visível o que estava ainda para vir.

Dovizoso, pela calada, passou para terceiro na 11ª volta depois de ter recuperado terreno ao longo da primeira parte da corrida e passou o compatriota Rossi. A batalha pelo pódio estava agora totalmente aberta, com Dovi e Márquez a aproximarem-se de Zarco e passarem o francês à 18ª volta, com o italiano a assumir os comandos.

Mas as coisas não estavam terminadas, com Dovizioso e Márquez a darem início a luta muito intensa que durou até à última curva, na última volta. O Campeão do Mundo Márquez passou para a frente na Curva 15, mas não conseguiu manter a posição e Divozioso entrou para a última curva na frente, o que lhe permitiu conquistar o primeiro triunfo da temporada com 0,027s de vantagem sobre o espanhol.

Atrás dos dois ficou Rossi, com Cal Crutchlow (LCR Honda CASTROL) e Danilo Petrucci (Alma Pramac Racing) a completarem o Top 5.

scroll up