DS Virgin Racing pronta para a ação

23 novembro 2017

A DS Virgin Racing deu início oficial à temporada 2017/2018 do Campeonato de Fórmula E, a sua quarta na disciplina, desvendando o seu monolugar DSV-03 de Fórmula E, dias antes das corridas de abertura que irão ter lugar em Hong Kong. O novo monolugar 100% elétrico exibe uma nova e mais vistosa decoração, num esquema de cores que já é característico da equipa: roxo, vermelho e prateado, com apontamentos subtis por toda a carroçaria. Debaixo desta, os especialistas da DS Performance trabalharam numa maior otimização da performance e da eficiência do carro, integrando um novo e melhorado software.

Aos seus comandos estará a primeira formação 100% britânica, constituída pelos pilotos Sam Bird e Alex Lynn. Bird, de 30 anos, esteve presente em todos os 33 ePrix em que a equipa participou, assegurando 5 vitórias e 9 pódios ao longo deste período, o que faz dele o terceiro piloto de Fórmula E com mais pontos de sempre. Por sua vez, Lynn, de 24 anos, irá embarcar na sua primeira participação a full-time, no seguimento da estreia feita na temporada passada, onde obteve a pole position logo na primeira participação, tornando-se um dos dois únicos pilotos a alcançar tal feito.

O Campeonato do Mundo FIA de Fórmula E arranca em Hong Kong, num duplo evento que se divide pelos dias 2 e 3 de dezembro, a disputar na zona do porto, tendo como pano de fundo os arranha-céus que dominam aquela parte do território. Com uma extensão de 1,86 km, o percurso desenha-se ao longo da Lung Wo Road, Man Yiu Street e Yiu Sing Street, marcando o segundo ano consecutivo do ePrix em Hong Kong. O circuito mantém-se praticamente inalterado em relação à temporada passada, exceto no desenho da chicane entre as Curvas 3 e 4, pista onde os pilotos poderão alcançar velocidades até aos 200 km/h na zona mais rápida. A novidade para este ano é que as duas corridas vão cobrir distâncias diferentes (43 e 45 voltas) de forma a incluir um novo elemento estratégico de corrida.

scroll up