Félix da Costa com a DS Techeetah na Fórmula E

17 setembro 2019

Uma semana depois de ter anunciado a saída da BMW, construtor ao qual esteve associado durante seis anos, cinco deles na competição de monolugares elétricos, António Félix da Costa confirma agora a continuação na Fórmula E sob as cores da DS Techeetah.

O português vai assim ajudar a formação a defender pela segunda vez consecutiva o título de Campeã do Mundo da Fórmula E, além de fazer dupla com o Campeão do Mundo Jean-Éric Vergne.

Félix da Costa, que chegou a lutar pelo título na época transata, foi abordado por várias equipas, mas avaliadas todas as propostas acabou por optar por assinar pela DS Techeetah para levar a cabo a sexta época na Fórmula E.

"Ter a possibilidade de me juntar à equipa campeã Mundial de uma categoria tão competitiva e importante como a Fórmula E é perfeito,” começa por afirmar António Félix da Costa.

“A abordagem da DS Techeetah à competição é muito parecida à minha forma de pensar; totalmente aguerrida e focada nas vitórias. Nesta fase da minha carreira estou 100% focado em ganhar, portanto, este é o melhor rumo para a minha carreira.”

O piloto português não esquece, no entanto, o caminho que o trouxe até ao ponto em que está agora. “Não escondo que foi difícil despedir-me da BMW, onde estava integrado há seis anos, mas por vezes na vida para alcançarmos o sucesso, temos de sair da nossa zona de conforto e procurar novos desafios.”

“É uma grande oportunidade para mim para lutar pelo título da Fórmula E, estou ansioso por me juntar à equipa e ao JEV (Jean Eric Vergne) e começar a trabalhar na preparação para a nova época da Fórmula E," rematou.

Já Mark Preston, o Diretor de Equipa da DS Techeetah, mostra-se muito contente com o regresso de Félix da Costa.

"É fantástico termos de volta o António à equipa. Ele ficou sempre amigo de todos na nossa equipa estes anos que esteve fora e estamos muito entusiasmados pelo seu regresso, agora com as cores preto e dourado da DS Techeetah. Vai ser certamente uma grande mais valia para a equipa e estamos desejosos de ver o que ele e o Jean-Éric vão fazer na temporada que aí vem."

scroll up