Fórmula E arranca com dois vencedores

03 dezembro 2017

A temporada da Fórmula E teve finalmente início neste fim-de-semana com a jornada dupla de Hong Kong, um embate muito disputado que conheceu dois pódios totalmente diferentes.

Na primeira corrida, disputada no sábado, a vitória foi para o britânico Sam Bird (DS Virgin Racing) que, apesar de uma penalização de oito segundos nas boxes aquando da troca obrigatória de carro, não teve concorrência à altura. Atrás dele, mas a uns distantes 11,575 segundos, terminou Jean-Eric Vergne (TECHEETAH), que tinha liderado a prova durante 20 voltas. A fechar o pódio ficou Nick Heidfeld (Mahindra Racing), que tudo tentou para chegar à segunda posição, mas acabou por cruzar a linha de meta a 0,9s de Vergne.

Já neste domingo, os protagonistas foram outros e o drama foi muito. Edoardo Mortara (Venturi Formula E) foi quem assumiu a liderança nas primeira 23 voltas. A prestação do suíço estava a ser tal que nem aquando da troca de carro perdeu o primeiro posto, contudo quanto tentava assinar a melhor volta, perto do final da corrida, cometeu um erro e acabou por dar o triunfo de bandeja a Daniel Abt (Audi Sport Abt), com Felix Rosenqvist (Mahindra Raing) a não desperdiçar também ele a oportunidade e a terminar no segundo posto. No mais baixo do pódio acabou por ficar Mortara.

Já o português António Félix da Costa teve dois resultados distintos. Uma prestação muito positiva no sábado levou à soma dos primeiros pontos da época e ao sexto lugar, mas problemas técnicos durante a troca de carro na corrida de domingo, quando era quarto classificado, fizeram-no perder cerca de 20 segundos e, com isso, a possibilidade de terminar no que seria um brilhante Top 5. No final o piloto da MS & MD Andretti terminou em 12º.

scroll up