Lewis Hamilton imparável vence GP dos Estados Unidos

22 outubro 2017

Se o Mercedes é um carro ganhador, não há neste momento quem o tripule como Lewis Hamilton. Esta vitória por terras americanas até pereceu demasiado fácil para Hamilton, que só não esteve na frente da corrida nas primeiras voltas ao circuito. Apesar de ter feito a “Pole”, o piloto da Mercedes foi surpreendido por Sebastian Vettel, que se mostrou melhor no arranque, sendo o primeiro comandante em Austin. Sol de pouca dura, uma vez que o irrepreensível Lewis Hamilton recuperou o comando para nunca mais o largar.

O Circuito das Américas proporcionou no entanto uma corrida interessante, com Sebastian Vettel, Valtteri Bottas, Kimi Raikkonen e Max Verstappen a proporcionarem momentos de emoção, especialmente com o holandês da Red Bull a recuperar 13 posições e a incomodar muito boa gente. Não fosse uma penalização de 5 segundos, por ter colocado as quatro rodas do Red Bull fora de pista, e Verstappen teria subido ao pódio.

O que deu certo foi a estratégia dos pneus do Ferrari de Vettel, que lhe valeu o 2º lugar na corrida, com o outro Ferrari de Raikkonen a subir ao 3º posto, devido à penalização de Verstappen que viria a terminar no 4º posto. Com uma prova intermitente, Valtteri Bottas terminou no 5º lugar, apesar de conduzir um Mercedes. Esteban Ocon levou o Force India à 6ª posição, à frente de Carlos Sainz Jr. que na sua estreia ao volante de um Renault registou o 7º lugar à frente do outro Force India de Sérgio Perez. Entre os dez primeiros classificados, Felipe Massa (Williams) foi 9º classificado, enquanto Danill Kvyat levou o Toro Rosso à 10ª posição.

Agora Hamilton está mais folgado no comando com 331 pontos, enquanto Vettel, o único adversário possível para as contas finais, é 2º com 265 pontos. Bottas está no 3º lugar do campeonato com 244 pontos. O próximo GP de Fórmula 1 disputa-se no México no dia 29 de outubro.

scroll up