Lewis Hamilton volta a vencer após penalização de Vettel

09 junho 2019

Parecia que a Ferrari ia finalmente dominar um Grande Prémio de Fórmula 1 esta temporada. Sébastian Vettel, depois de ter garantido a Pole, nunca deixou de ser primeiro, até à bandeira de xadrez. No entanto, uma penalização de 5 segundos retirou o triunfo ao piloto da Ferrari. Uma saída de pista e uma reentrada a tapar a trajetória a Hamilton, determinou uma penalização que retira o triunfo a Vettel e à Ferrari que, mesmo assim, conquista dois lugares no pódio, com o 3º lugar de Charles Leclerc.

O pódio do Grande Prémio do Canadá nunca sofreu alterações desde a partida. Vettel, Hamilton e Leclerc, mantiveram sempre estas posições durante toda a corrida, com Hamilton a saltar para o primeiro lugar depois de ver os Comissários Desportivos penalizarem o piloto alemão da Ferrari. Quando tudo parecia perfeito para a escuderia italiana, é a Mercedes que continua toda poderosa esta temporada, alcançando 7 vitórias em 7 provas. Hamilton, com o 5º triunfo deste ano, aumenta obviamente a vantagem na liderança do campeonato e a Mercedes vai somando pontos que a deixam cada vez mais destacada.

Leclerc manteve sempre a 3ª posição na corrida, mostrando que a Ferrari pode contar com ele para voos mais altos. Os planos da Ferrari saíram furados devido a uma penalização que não deixa de ser polémica, apesar da marca de Maranello ter conquistado no Canadá o maior número de pontos nesta temporada. Com os três homens do pódio a dominarem totalmente a corrida, Valtteri Bottas deu o 4º lugar à Mercedes, sendo a primeira vez este ano em que ficou fora do pódio, conseguindo, no entanto, travar uma excelente corrida do Red Bull de Max Verstappen, que terminou na 5ª posição. Em Montreal assistiu-se ao despertar da Renault, com Daniel Ricciardo e um surpreendente Nico Hulkenberg a alcançarem respetivamente o 6º e 7º lugar. Pierre Gasly no segundo Red Bull foi o 8º classificado, à frente de Lance Stroll e de Daniel Kvyat.

scroll up