Oliveira escala 15 posições para terminar em 2º

17 junho 2018

Miguel Oliveira esteve imperial na sétima ronda do Campeonato do Mundo de Moto2, o Grande Prémio da Catalunha que teve lugar no Circuito de Barcelona este domingo. Depois de uma qualificação complicada, com problemas de aderência e em que não conseguiu ir além da 17ª posição da grelha, a pouco menos de um segundo da pole position de Fabio Quartararo (Speed Up), o piloto ACP esteve muito forte na corrida deste domingo.

Enquanto o gaulês da pole começou mal, e perdeu três posições antes de recuperar a liderança da prova à 10ª volta para não mais a perder e triunfar na corrida, o jovem piloto de Almada atacou fortíssimo logo com o apagar das luzes.

Uma partida brilhante levou Oliveira a disparar da 17ª posição da para o sexto lugar logo na primeira volta. Não contente, o homem da KTM continuou a subir na classificação para chegar ao intermédio do pódio após a quinta passagem pela linha de meta. Mais três voltas e Oliveira assumia a liderança da corrida. Contudo, Quartararo, que na altura estava também a recuperar terreno, acabou por conseguir impor-se ao português e passar para a frente.

Oliveira ainda tentou manter o contacto, mas acabou por perder terreno de forma gradual para cruzar a meta na segunda posição, a 2,492s da frente e com e segundo de margem sobre o terceiro classificado Alex Márquez.

Ainda assim, Oliveira recuperou 15 posições para garantir o quinto pódio da época, o segundo consecutivo e deu importante passo rumo à liderança da classificação geral. O português, que já era segundo à chegada à Catalunha, está agora a um mero ponto da primeira posição detida por Francesco Bagnaia, que foi apenas oitavo neste domingo.

scroll up