Quinta vitória do ano para Vettel

26 agosto 2018

Depois de ter sido batida duas vezes seguidas antes da tradicional paragem de verão da Fórmula 1, a Ferrari regressou à ação em força para ganhar o GP da Bélgica pela mão de Sebastian Vettel, que assim ganhou pontos ao rival da Mercedes Lewis Hamilton na corrida ao título.

Vettel reclamou a liderança da prova de forma decisiva logo na primeira volta e momentos antes do caos provocado por uma travagem tardia de Nico Hulkenberg, que acabou por resultar num acidente na Curva 1 que envolveu ainda Fernando Alonso e Charles Leclerc. Quem também não teve sorte foram Kimi Raikkonen e Daniel Ricciardo que, num incidente diferente, acabaram também por sofrer danos nos seus monolugares que não lhes permitiram terminar a corrida.

Uma vez na frente da corrida Vettel não mais cedeu até final, gerindo o ritmo de forma brilhante para conquistar a 52ª vitória da carreira e 107º pódio – dois dados estatísticos que batem os registos de Alain Prost. Mais importante ainda, ele colocou travão no bom momento de forma do rival ao roubar pontos a Hamilton na corrida pelo título – são apenas 17 os pontos que separam ambos.

Enquanto isso, Hamilton teve de minimizar os danos com um segundo lugar – aliás, ele deu a entender que não tinha mesmo ritmo para igualar Vettel em Spa.

Enquanto isso, o holandês Max Verstappen encantou os fãs holandeses que cruzaram a fronteira com um surpreendente terceiro lugar – um resultado muito bem-vindo num circuito onde a Red Bull se debateu com problemas ao longo de todo o fim-de-semana.

Valtteri Bottas (Mercedes) e Sergio Perez (Force India) foram os outros dois nomes do Top 5.

scroll up