Vitórias para Lukasz Habaj e Ricardo Moura no Azores Rallye

23 março 2019

A prova de abertura do Campeonato da Europa de Ralis, e a 2ª do Campeonato de Portugal contou com uma vitória polaca e com três Skoda Fabia R5 no pódio. O grande dominador da prova açoriana foi o russo Alexey Lukynuk em Citroen C3 R5, que, no entanto, abandonou no último troço, após despiste, depois de ter cedido o comando a Lukasz Habaj na especial anterior, devido a um furo. Numa prova que contou com sol nos primeiros dias, mas também com muita chuva e ventos fortes na derradeira etapa, a vitória improvável acabou mesmo por pertencer ao piloto polaco.

Em termos nacionais, e desde muito cedo, o açoriano Ricardo Moura, com um Skoda Fabia R5 tomou conta dos destinos da prova, sem qualquer tipo de pressões e sem nunca perder o comando. Depois de um abando prematuro de Miguel Barbosa, logo no primeiro troço do rali, o duelo pelo pódio do CPR ficou entregue a Bruno Magalhães em Hyundai i20 R5 e a Ricardo Teodósio em Skoda Fabia R5, com o piloto da Hyundai a conseguir subir ao 2º lugar, deixando Teodósio na 3ª posição a 17,1 segundos de diferença.

Ricardo Moura não só triunfa para o CPR com 1m20 de vantagem para Bruno Magalhães, como também termina a prova do ERC no 2º lugar, a apenas 8,4 segundos do vencedor Lukasz Habaj. O pódio nos Açores ficou completo com o 3º lugar de Chris Ingram, também em Skoda Fabia R5, a 42,2 segundos do vencedor. Após o Azores Rallye, a 2ª prova de 2019, Ricardo Moura passa a comandar o CPR com 46,39 pontos, seguido agora por Ricardo Teodósio com 44,84 e por Bruno Magalhães com 32 pontos.

scroll up