A Suzuki lançou um Jimny cada vez mais tentador

19 outubro 2018

A Suzuki soube escrever uma longa história de sucesso em torno de um pequeno 4x4 capaz de democratizar o desejo de possuir um automóvel acessível, mas com capacidades de superar algumas fronteiras. Foi com esta filosofia que em 1970 nasceu a primeira geração do Jimny, um 4x4 que viria a dar que falar, ultrapassando os limites do Japão e tornando-se moda um pouco por todo o mundo. Ainda não se falava em SUV e já o Jimny era padrão entre uma vasta clientela que pretendia ter um automóvel capaz de satisfazer diversos desejos. A 2ª e 3ª gerações deram continuidade a uma história de quase meio século, que chega agora a uma linhagem mais madura, assumindo o passado e lançando novos desafios ao futuro.

A atual geração do Suzuki Jimny, que chega em finais de outubro a Portugal, assume-se como um TT prático e funcional, capaz de surpreender em desempenho, devido à tecnologia Suzuki de tração integral que o torna num irreverente e ligeiro off-road que surpreende quem o conduz nas mais diversas situações de terreno. A 4ª geração do Jimny é um TT puro, uma referência entre os 4x4, tal como as gerações anteriores. E porque o espírito de aventura não vem nos livros, só ao volante do pequeno 4x4 da Suzuki se consegue sentir a eficiência criada pelo sistema Allgrip, bem como as capacidades do novo e único motor a gasolina de 1,5 litros e 102 cv, que garante eficácia a este SUV de pequenas dimensões.

Igualmente robusto, mas mais largo que a geração anterior, o novo Jimny tem também maior distância ao solo e melhores ângulos de ataque (37º) e saída (49º), tornando-o bastante ágil e muito eficaz em utilizações fora de estrada, com um sistema 4WD com redutoras inseridas por manete, à maneira antiga. Para acompanhar os novos tempos, o Jimny de 2018 conta com as mais recentes tecnologias de segurança e a tão exigida conetividade, que o transforma num automóvel jovem e atual. O interior é simples e funcional, acabando por ser um prolongamento do aspeto prático das suas linhas.

Este Jimny poderá voltar a ser um caso sério de popularidade, com a procura inicial do modelo a ser superior à capacidade de resposta que a marca pode dar. Fabricado exclusivamente no Japão, oferece três níveis de equipamento, caixa manual de 5 velocidades, a preferida pela esmagadora maioria dos condutores de um carro com estas características, mas também uma caixa automática de 4 relações. O Jimny pode contar com 8 cores diferentes de carroçaria, oferecendo agora 5 anos de garantia. Os preços para o nosso país vão oscilar entre os 21.483€ e os 25.219€.

scroll up