Fórmula 1

O piloto alemão aumenta a vantagem sobre Hamilton para 8 pontos e a Ferrari reforça a liderança perante a Mercedes.

Parecia que o triunfo seria Mercedes, mas falha dá vitória a Verstappen e à Aston Martin Red Bull Racing.

E tudo o piloto britânico da Mercedes levou, no regresso da Fórmula 1 ao circuito de Paul Ricard.

A Red Bull vai terminar o vínculo com a Renault e passa a utilizar motores da Honda na temporada de F1 em 2019.

Australiano acabou por ter a sorte do seu lado e levou de vencida o GP do Mónaco, á frente de Vettel e Hamilton.

O Campeão do Mundo assegurou este domingo a segunda vitória consecutiva e com o colega de equipa Bottas na 2ª posição.

O Campeão do Mundo levou a melhor sobre os rivais no GP de Baku enquanto a Red Bull se autodestrói.

Um acidente, um safety car e uma aposta da Red Bull, os três elementos que determinaram o desfecho do GP da China.

Organizadores de grandes prémios querem estas presenças femininas nas grelhas de partida, o que deve acontecer já no Mónaco.

A tática da Mercedes esteve quase a resultar, mas Vettel aguentou a pressão e vence de forma emotiva.

scroll up