Alpine mostrou em Genebra novas versões do A110

06 março 2018

Recuperar o espírito Alpine, que escreveu páginas deliciosas no desporto automóvel, é a principal intensão do construtor francês, que entrou no Salão de Genebra com três cativantes novidades.

Depois da 1ª edição que aguçou o apetite aos puristas da marca, que não esquecem as lendas escritas pela Alpine, eis que chegam ao mercado mais propostas, provando que a Alpine não deseja parar em relação a ofertas para o seu novo coupé. As duas novas versões de estrada Pure e Légende mostram as ambições da marca do grupo Renault, que alarga ainda mais os seus horizontes com o GT4, um modelo exclusivamente desportivo, que dá seguimento à história da Alpine no desporto automóvel.

Enquanto a versão Pure é a que representa de forma mais fiel o mítico Alpine que fez história nos ralis, com destaque para Monte Carlo em 1973, o Légende acaba por ser um coupé ligeiro mais refinado e luxuoso. Apoiados no chassis de alumínio da 1ª edição, o Alpine A110 monta, em posição central traseira, um motor turbo de quatro cilindros de 1,8 litros com 252 cavalos de potência. As novas versões desvendam três tons diferentes, em azul, branco e cinzento.

Quanto ao A110 GT4, foi desenvolvido pela Signatech, a parceira da Alpine para a competição, que deseja assinalar o regresso da marca aos circuitos já no 2º semestre deste ano.

scroll up