Indústria automóvel combate o enjoo

13 dezembro 2018

Uma em cada três pessoas já teve enjoos durante as suas viagens e estima-se que mais de 30 milhões de europeus sofram deste mal-estar de forma crónica. Para aqueles que sofrem deste problema, a aproximação das férias e as longas deslocações associadas à época podem ser uma questão difícil de superar. Mas marcas como a Citroën, Jaguar, Land Rover e Ford estão a trabalhar para isso. 

Seetroën

A Citroën criou uns óculos que prometem resolver esse problema: os SEETROËN. São óculos que utilizam a tecnologia Boarding Ring, uma solução paramédica testada da empresa Boarding Ring com uma eficácia comprovada de 95%. Equipados com um líquido nos círculos situados na zona frontal e lateral, os SEETROËN simulam a linha do horizonte eliminando o conflito de sentidos que causam o mal-estar em movimento. 

Quem se sentir enjoado só tem de colocar os óculos e esperar entre 10 a 12 minutos para que comece a sentir os efeitos. Toda a família pode usufruir desta tecnologia, sendo que é adequada para crianças a partir dos 10 anos e pode ser usada sobre óculos graduados. Os SEETROËN podem ser adquiridos na loja online da marca por 99 euros.

Jaguar/Land Rover

Os futuros veículos da Jaguar e da Land Rover vão ser capazes de reconhecer se os seus ocupantes estão enjoados e ajustar as caraterísticas do veículo para minimizar o desconforto durante a condução.

O enjoo a bordo afeta cerca de 70% das pessoas. Spencer Salter, investigador da marca britânica, na área das tecnologias para o bem-estar, refere que “até à data muito pouco se sabia sobre as causas do enjoo e como minimizá-las”.

Devido à sua investigação, líder na indústria, sobre o enjoo num veículo, a Jaguar Land Rover criou um algoritmo que gera “uma pontuação sobre o bem-estar” de cada passageiro. Estes dados podem ser utilizados para personalizar automaticamente o estilo de condução e as caraterísticas do interior do veículo de modo a reduzir os efeitos desconfortáveis que os passageiros sofrem em cerca de 60% dos casos.

Ford

Nos testes iniciais que a Ford está a levar a cabo contra os enjoos a bordo dos veículos, verificou-se que no caso de janelas mais elevadas e que permitiam um campo de visão mais alargado, de ambos os lados da estrada, os voluntários tiveram menor propensão a enjoar. Os próximos testes irão explorar formas alternativas de permitir uma maior visão aos passageiros do banco traseiro para que possam aperceber-se da aproximação a estradas sinuosas e pontes com ressaltos.

scroll up