Citroën regressa às origens com exposição de 100 modelos

11 junho 2019

As comemorações do centenário da Citroën continuam em alta. Desta vez, entre 14 e 16 de junho, vai haver uma exposição de 100 emblemáticos modelos no bairro parisiense de Javel, onde a marca nasceu em 1919. Foi ali, junto às margens do Sena, que durante meio século funcionou a primeira fábrica daquele construtor francês. Hoje, é um parque que homenageia André Citroën.

O ano de 2019 tem sido pródigo em comemorações, um pouco por todo o lado, facto que muito tem entusiasmado a marca a prosseguir com um vasto calendário de eventos, como no passado Salão Retromobile em que a Citroën marcou presença e acolheu no seu espaço muitos visitantes que não quiseram perder a oportunidade de conhecer de perto a história da marca.

A maioria dos 100 modelos, que representam cada etapa da centenária história da marca, saem do Conservatório localizado em Aulnay-sous-Bois, a norte de Paris, e os restantes vão ser cedidos por colecionadores particulares para abrilhantar esta exposição que integra 4 protótipos, 74 modelos carismáticos, 14 modelos derivados do mundo da competição, 3 que simbolizam a aventura automóvel e 5 modelos das gamas atuais.

Nesta montra de “jóias” sobre quatro rodas não vão faltar autênticas lendas como os revolucionários Tipo A, o primeiro automóvel europeu fabricado em série, o Rosalie, o Traction Avant, 2CV, DS, SM, GS, CX, Xantia ou o C6.

scroll up