Marini estreia-se a vencer, Bagnaia conquista título

04 novembro 2018

Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira deram início à sua luta mal as luzes se apagaram, mas a liderança da prova à saída da Curva 1 acabou por ficar a cargo de Luca Marini depois de alguma confusão por parte dos outros dois pilotos da primeira linha da grelha, Fabio Quartararo e Alex Márquez. Com isto Bangaia e Oliveira passaram por dentro para reclamarem as segunda e terceira posições. O início perfeito para Peco que ficava atrás do colega de equipa.

Marini entrava depois num ritmo próprio na frente, enquanto Bagnaia e Oliveira lutavam pela segunda posição, um resultado que deixava o título claramente nas mãos do italiano naquela fase inicial da corrida. Oliveira ainda o passou na Curva 4, a 12 voltas do final, e foi logo atrás de Marini, que liderava com um segundo de vantagem. Por esta altura, Bangaia via-se envolvido num duelo com o compatriota Mattia Pasini, com o homem da pole, Márquez, e Lorenzo Baldassarri logo atrás.

Oliveira conseguiu anular a vantagem de Marini nas 11 voltas que se seguiram, sabendo que apenas a vitória podia adiar a decisão do título para a última jornada em Valência. A seis voltas do fim parecia que a luta pelo triunfo seria entre Marini e Oliveira, com Baldassarri e Márquez a perderem o contacto com a luta pelo mais baixo do pódio; só Pasini se manteu na roda de Bagnaia, a 0,4s de distância.

Enquanto isso, Oliveira tornava a vida difícil a Marini, mas o italiano manteve-se firme e acabou mesmo por assinar a primeira vitória da carreira, batendo o português. A fechar o pódio ficou Bagnaia, que assim fechou as contas do título a uma prova do final da época.

scroll up