Oliveira já se estreou no MotoGP

21 novembro 2018

Dois dias depois de ter terminado o Grande Prémio da Comunidade Valenciana e a época de 2018 do Campeonato do Mundo de Moto2 com brilhante vitória, Miguel Oliveira fez a tão desejada estreia na categoria rainha no Circuito Ricardo Tromo no primeiro de dois dias de testes de MotoGP.

Tal como ao longo do fim-de-semana, a chuva voltou a afetar os trabalhos, não só a que se fez sentir durante a noite e que acabou por atrasar o início dos testes, como também a que caiu depois durante a tarde e que levou a que a sessão vespertina fosse concluída mais cedo.

Ainda assim, o vice-Campeão do Mundo de Moto2 não desperdiçou a oportunidade para tomar o primeiro contacto mais a sério com a RC16 da Red Bull KTM Tech3 e aproveitou o dia da melhor forma possível, totalizando 25 voltas completas ao traçado de Valência.

Após um início cauteloso, com tempos a oscilar entre os segundos 40 e 38, o piloto ACP aumentou o andamento para rodar de forma muito consistente no segundo 35 e terminar o dia com 1:35,118s, a 25º marca da sessão, logo atrás do seu novo colega de equipa Hafizh Syahrin.

“Estou mesmo muito contente por me ter estreado oficialmente aos comandos de uma máquina de MotoGP,” começou por afirmar o piloto da Almada. “É claro que as sensações são todas muito estranhas. Passámos o tempo a tentar obter boas sensações com os comandos da moto, como acelerador, travão, caixa de velocidades e travão traseiro. Também tentámos obter uma boa sensação geral da moto, além de compreender um pouco o funcionamento da eletrónica. Estamos apenas a somar voltas, pelo que até ao momento estou contente. É claro que estamos muito lentos, mas estou a levar o meu tempo para compreender tudo e dar passos sólidos,” rematou.

Já o Campeão do Mundo de Moto2 e grande rival de Oliveira em 2017, Francesco Bangais, foi o melhor estreante ao assinar o 11º tempo com um registo de 1:32,296s. Na frente da tabela ficou o Campeão do Mundo de MotoGP Marc Márquez (1:31,019s), seguido de Andrea Dovizioso e de Danilo Petrucci.

scroll up