Price vence Dakar nas duas rodas

17 janeiro 2019

Mesmo com uma fratura na mão, Toby Price foi o mais forte no derradeiro dia do Dakar e assinou aquela que foi a sua única vitória em especiais na edição deste ano da prova de TT mais dura do mundo. Um verdadeiro fechar com chave de ouro, não tivesse o australiano assinado o segundo triunfo absoluto da carreira no Dakar.

Com a ordem de partida invertida em relação aos resultados de ontem, o homem da KTM não perdeu tempo para recuperar posições e já era segundo à passagem por WP1, perdendo apenas 14 segundos para Kevin Benavides. Mais à frente, em WP2, Price mantinha a segunda posição, agora atrás do colega de equipa Sam Sunderland, mas sempre muito próximo, com um atraso de apenas 11 segundos.

Não satisfeito, e consciente que podia terminar a prova da melhor forma, o vencedor de 2016 aumentou o ritmo para garantir o melhor registo ao terminar os 112 km cronometrados em 1:14:01s.

Atrás dele, e de forma algo surpreendente, acabou por terminar José Ingácio Florimo. O chileno da Honda precisou de mais 2:21s para completar a mesma distância, acabando por bater Matthias Walkner, que foi terceiro a mais 17 segundos de distância.

Sunderland acabou por terminar em quinto, enquanto Pablo Quintanilla teve um dia para esquecer. O chileno da Husqvarna sofreu uma queda na primeira metade da especial, que o fez perder muito tempo e o atirou para quarto da geral, a mais de 20 minutos da frente.

O pódio absoluto foi composto por Price, com Walkner a terminar em segundo (+9:13s) e Sunderland em terceiro (+13:34s).

scroll up