Tanak quer repetir vitórias no asfalto do Rali da Alemanha

22 agosto 2019

A 10ª prova do WRC 2019 vai ter como palco os difíceis troços de asfalto do ADAC Rali da Alemanha, uma prova sempre imprevisível, devido aos diferentes tipos de piso que se apresentam ao longo das 19 especiais de classificação. Os 344 km disputados ao cronómetro são percorridos em estradas militares, mas também em sinuosos traçados ao longo das típicas vinhas da região alemã. A chuva, geralmente aparece, mesmo em agosto, e complica as contas aos concorrentes.

Ott Tanak venceu nos dois últimos anos. Em 2017 ao volante de um Ford, e no ano passado já aos comandos do Toyota Yaris WRC. O piloto estónio pretende repetir os êxitos alcançados, para dilatar a diferença em relação aos dois outros candidatos ao título. Mas se Tanak venceu duas vezes consecutivas, também Sébastien Ogier tem um percurso interessante, pois triunfou em 2015 e 2016 com a Volkswagen, depois de já ter vencido em 2011 com a Citroen. Em relação a Thierry Neuville, também já provou o triunfo no asfalto alemão em 2014, já ao volante de um Hyundai.

E se estes três únicos candidatos ao título de 2019 vão por certo tentar pontuar ao máximo na Alemanha, será necessário não esquecer a necessidade de pontos para a batalha dos construtores, onde Latvala e Meeke em Toyota são obrigados a rolar a fundo, para encurtar distâncias para a liderança da Hyundai, onde Sordo e Mikkelsen são considerados casos sérios. Nesta guerra de pontos, a Hyundai comanda com 262 pontos, seguida pela Toyota com 238. A Citroen está no 3º lugar com 198 pontos enquanto a M-Sport Ford totaliza 158.

Para o lado dos pilotos, as contas são mais apertadas. Tanak está na frente com 180 pontos, Ogier é 2º classificado com 158 e Neuville o 3º com 155 pontos. No campeonato WRC 2, a Skoda continua a ser favorita com os Fabia R5, não só pelas muitas vitórias de Kalle Rovanpera, mas também pelo recente sucesso do regressado Jan Kopecky, que venceu há uma semana para o Europeu na República Checa. Os maiores opositores serão Mads Ostberg em Citroen C3 R5 e Eric Camilli em Ford Fiesta R5.

scroll up