A Ford quer acabar com os enjoos durante as viagens

07 abril 2017

São mais as pessoas que enjoam nas viagem de carro do que imaginamos e como os especialistas da Ford sabem bem disso, estão a trabalhar em conjunto para tentar reduzir os sintomas de enjoo nos futuros automóveis.

Num recente estudo realizado pela Ford, com a ajuda de especialistas sobre enjoo em movimento, verificou-se que os passageiros durante uma viagem curta e que olhavam pela janela, em média sentiram-se doentes após 10 minutos. E eram todos adultos.

“O enjoo pode tornar uma viagem em família há muito esperada num verdadeiro pesadelo, com o pai e a mãe nervosos a espreitar por cima dos ombros e temendo o pior” afima Eike Schmidt, engenheiro no Centro de Investigação e Inovação da Ford, em Aachen, na Alemanha. Para aquele técnico, “o conforto é um grande foco na maneira como projetamos os carros do futuro e queremos fazer tudo o que pudermos para reduzir o enjoo no carro.”

Nos testes iniciais que a Ford está a levar a cabo contra os enjoos a bordo dos veículos, verificou-se que no caso de janelas mais elevadas e que permitiam um campo de visão mais alargado, de ambos os lados da estrada, os voluntários tiveram menor propensão a enjoar. Os próximos testes irão explorar formas alternativas de permitir uma maior visão aos passageiros do banco traseiro para que possam aperceber-se da aproximação a estradas sinuosas e pontes com ressaltos.

scroll up