A Skoda estreia-se em grande no segmento dos SUV

28 novembro 2016

Esta é sem sombra de dúvida a grande aposta da marca checa para o futuro. Um modelo que deverá dar mais vitalidade à marca, entrando no segmento da moda e logo com um SUV de grandes dimensões. A Skoda preparou com pompa e circunstancia o seu lançamento, através de diferentes aperitivos que foram mostrando como seria o seu grande SUV. Agora está tudo pronto e já pode ser totalmente desvendado e testado, estando prevista a sua chegada a Portugal durante o primeiro trimestre de 2017.

O SUV com 4,70 metros de comprimento é um veículo polivalente, oferecendo a maior capacidade de bagageira no seio da sua categoria. Com a terceira fila opcional de bancos, conta ainda um outro ponto alto no segmento. Se o seu design muito robusto inspira confiança, os motores acompanham as exigências de um veículo com estas características. O bloco 2.0 TDI está disponível em duas versões. A primeira debita uma potência de 150 cv e um binário máximo de 340 Nm; a variante mais musculada oferece 190 cv e um binário de 400 Nm. Em média, os motores TDI consomem 5,0 l/100 km e emitem 131 g/km de CO2. O motor Diesel mais potente acelera de 0-100 km h em 8,6 segundos e atinge uma velocidade máxima até 210 km/h. A gama de motores a gasolina é composta por dois blocos: 1.4 TSI e 2.0 TSI. A versão de entrada deste compacto quatro cilindros debita uma potência de 125 cv e um binário de 200 Nm.

O Kodiaq está disponível com vários tipos de transmissões. Dependendo do motor, oferece uma caixa manual de 6 velocidades ou transmissões DSG com seis ou sete velocidades, sendo que a nova transmissão de dupla embraiagem de 7 velocidades é uma estreia na marca. O sistema de tração às quatro rodas com controlo eletrónico está disponível para a maioria das motorizações. Oferece um grande aumento na tração, estabilidade e segurança de condução, mesmo fora de estrada.

scroll up