CUPRA e Calgary medem forças em velocidade e obstáculos

29 junho 2018

Força e potência são caraterísticas associadas ao Seat Leon CUPRA e ao Calgary, um cavalo de competição. Comandados, respetivamente, pelo piloto de corridas e embaixador da CUPRA, Jordi Gené, e a amazona profissional Virginia Graells, encontram-se no Real Club de Polo de Barcelona para um desafio duplo: uma corrida de velocidade e uma prova de obstáculos.

O Calgary tem 9 anos e origem alemã. Com os seus imponentes 500 kg é capaz de alcançar os 70 km/h. Por outro lado, o Seat Leon CUPRA é um automóvel potente graças ao seu motor 2.0 TSI de 300 cv. Juntos, preparam-se para o primeiro desafio – uma prova de velocidade em que Cargary percorre a pista do campo de polo e o automóvel a pista de areia. O animal, a galope, completa 100 metros da pista em 15 segundos. O Seat Leon CUPRA chega à meta em pouco mais de quatro segundos, alcançando os 100 km/h.

A seguir e em pistas contíguas, os adversários enfrentam-se num percurso repleto de obstáculos. O cavalo terá que transpô-los, saltando por cima das varas, enquanto o carro deverá contorná-los. Graças à destreza da amazona e à habilidade do animal, Calgary vence os obstáculos em apenas 57 segundos. Pelo seu lado, Jordi Gené manobra o CUPRA realizando mais de 8 ‘slaloms’ em 31,43 segundos, a 80km/h.

No final do desafio, define-se um empate de forma amistosa. Por um momento, a amazona e o piloto decidem trocar de lugares, ainda que ambos pareçam preferir o seu companheiro original. “O carro transmite-me vibrações, calores, dá-me adrenalina tê-lo sob controlo”, explica Gené. Virginia também regressa às rédeas para voltar às cavalariças: “quando galopamos, ganho uma sensação de liberdade e de ligação única ao cavalo. Hoje, o Calgary terá ração de cenouras e de maçãs a dobrar”.

scroll up