Ferrari celebra 70 anos com cinco versões

30 setembro 2016

É uma das marcas mais apetecíveis do mundo e, claro, não deixou tal crédito por mãos alheias nesta edição do Salão de Paris: a Ferrari traz uma mão cheia de novidades, onde se destacam cinco versões de modelos seus para celebrar os 70 anos de vida, a que se soma uma versão descapotável do super-híbrido da marca, que tem mais de 900 cv. 

Ferrari 488 GTB The Schumacher

Com uma potência de 670 cv, o motor e os tempos de resposta deste 488 GTB são a garantia de um caráter único e de enorme prazer ao volante. Esta edição é uma homenagem ao Campeão do Mundo de F1 de 2003, Michael Schumacher.

Ferrari F12 "The Stirling Moss"

Inspirado no 250 GT Berlinetta SWB, que Stirling Moss conduziu até à vitória em 1961, este F12 Berlinetta caracteriza-se pelo uso da cor Blu Scuro com uma faixa branca na horizontal. Traz um motor 6262cc, com 740 cv, é considerado um dos modelos de produção mais potentes do mundo.

Ferrari California T "The Steve McQueen"

Já este California T é inspirado no 250 GT Berlinetta de 1963 que o ator Steve McQueen recebeu da mulher, Neile Adams. Traz um motor V8 de 3855cc, com 560 cv (ou seja, 145 cv por litro, o melhor resultado da sua categoria).

Ferrari 488 Spider "The Green Jewel" e "The White Spider"

O verde esmeralda deste 488 Spider é inspirado na pintura usada no Ferrari 365 P2, da David Piper Racing, que ganhou as 9 Horas de Kyalami em 1965 e 1966. Já o “The White Spider” é um tributo ao 375 MM Pininfarina Spider. Equipado com um motor V8 Turbo, tem 3902cc e debita 670 cv.

LaFerrari Aperta

Este super-híbrido é a versão descapotável do Ferrari LaFerrari Spider e é outra das grandes novidades de Paris. Mantém o mesmo motor V12 de 6.3 litros, de 800 cv, a que está acoplado um motor elétrico de 163 cv, o que se traduz num total de 963 cv.

scroll up