Grupo Nissan-Renault liderou vendas mundiais em 2017

30 janeiro 2018

A aliança Renault-Nissan tornou-se em 2017 o maior fabricante de veículos ligeiros do mundo, destronando assim o grupo Volkswagen, estabelecendo ainda um novo recorde de vendas. A inclusão da Mitsubishi, no final de 2016, no grupo Nissan-Renault, liderado por Carlos Ghosn (na foto), foi a principal razão para esta ultrapassagem aos alemães.

Em termos parcelares, as vendas da Nissan Motor Co atingiram um recorde de 5,82 milhões de unidades, enquanto o construtor francês Renault SA registou vendas de 3,76 milhões. Já as vendas da Mitsubishi chegaram a 1,03 milhões de veículos, o que confere um total de vendas de 10,61 milhões de veículos ligeiros em 2017.

Estes três construtores conseguiram assim bater o recorde de vendas de 10,53 milhões de veículos ligeiros em 2016, obtido pelo Grupo Volkswagen, que integra ainda contrutores como Audi, Skoda, Seat e Porsche.

Refira-se que Nissan e Renault lideram também as vendas de veículos elétricos, com o nipónico Leaf a liderar em todo o mundo e o francês Zoe a ganhar na Europa.

scroll up