Jeep Compass quer ser o melhor offroad

24 novembro 2016

Com comercialização prevista para o início do próximo ano, o novo Jeep Compass quer afirmar-se como a referência do segmento, tanto na estrada, como fora dela.

Com novas alterações estéticas, mais espaço e mais tecnologia, este Jeep vai estar disponível com quatro níveis de equipamento: Sport, Latitude, Limited e Trailhaw. No habitáculo o Compass aposta no espaço e na tecnologia, sem esquecer o sistema de infoentretenimento que pode surgir com um ecrã táctil a cores de 5, 7 ou 8,2”, incluindo ainda Apple CarPlay e Android Auto, assim como a funcionalidade de toque e zoom. Além deste ecrã, o condutor beneficia ainda de um outro, colocado entre o velocímetro e o conta-rotações, cujas dimensões podem variar entre as 3,5 e as 7”, no qual são exibidas todas as informações importantes do veículo.

Em termos de motores, surgirá com cinco opções, três a gasolina e duas a gasóleo, a começar num quatro cilindros 1,4 litros Fire com turbocompressor. Acima deste, e ainda a gasolina, outro quatro cilindros 2,0 litros da família Tigershark, com o papel de motorização maior a ser entregue a uma versão deste mesmo bloco, mas de 2,4 litros, aspirado e a produzir 180 cv de potência e 237 Nm de binário.

O Compass afirma-se como o melhor offroad do segmento, graças a um sistema de tração integral que permite enviar até 100% da potência para qualquer roda, utilizando a vetorização da força de travagem, que poderá ajudar o carro em situações de tração limitada. Já o sistema Selec-Terrain permitirá ao condutor optar entre vários modos de condução (Auto, Snow, Sand and Mud), capazes de ajudar a melhorar tanto a estabilidade, como a resposta do motor, de forma a adaptar-se mais facilmente ao ambiente em redor.

Para garantir que o Compass consegue, efectivamente, uma resposta competente fora de estrada, a Jeep equipou o seu SUV global com uma suspensão com estrutura McPherson à frente e solução Chapman atrás, a qual permite às rodas traseiras articularem até 200 mm.

A bagageira tem 438 litros de capacidade que pode chegar aos 1.251 litros com o rebatimento das costas dos bancos traseiros. No âmbito da segurança, contam-se mais de 70 sistemas, incluindo sete airbags, travagem autónoma de emergência, assistência à manutenção na faixa de rodagem, alerta de ângulo morto e aviso de tráfego na traseira.

Alguns detalhes de design bem como motorizações serão diferentes para o mercado europeu e, consequentemente, para o mercado português. O novo Compass para a Europa apenas será revelado no Salão de Geneve em março de 2017, com comercialização prevista para o Velho Continente no 2º semestre do mesmo ano.

scroll up